Publicidade

Eleições 2024: Bruno Reis promete renovar 10% da frota de ônibus por ano, caso seja reeleito

Bruno disse ainda que o objetivo é chegar, ao final de quatro anos, com 100% de ônibus novos e com ar-condicionado

08/07/2024 às 11h17
Por: Cláudio Leite-Galego
Compartilhe:
Eleições 2024: Bruno Reis promete renovar 10% da frota de ônibus por ano, caso seja reeleito

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (União), que irá disputar a reeleição em outubro, prometeu, na manhã desta segunda-feira (08), que irá renovar 10% da frota de ônibus por ano, caso seja reeleito, com o objetivo de chegar, ao final de quatro anos, com 100% de ônibus novos e com ar-condicionado. Segundo ele, até o momento, cerca de 59% da frota já está sendo renovada. A promessa foi feita em entrevista à rádio Bahia FM. 

"Primeiro, a gente vai chegar ao final desse ano com 42% da frota com ar-condicionado. Temos mais 300 ônibus sendo adquiridos. A prefeitura, agora, ao invés de fazer subsídio em dinheiro, vai fazer subsídio em equipamentos. Nós vamos chegar, com esses 300 ônibus, a 59% da frota com ar-concidicionado. O meu compromisso para os próximos quatro anos é renovar 10%, 11% ano, e chegar, ao final de quatro anos, com 100% da frota com ar-condicionado, com ônibus novos. Com todos esses modais funcionando de forma integrada, nós vamos tendo sistemas de transportes mais modernos do Brasil. Porque nenhum sistema tem teleférico, metrô, VLT, BRT, BRS, sistema convencional e sistema complementar. São sete modais funcionando. Todos eles vão garantir toda a integração e conexão da cidade", disse o prefeito. 

Bruno Reis, entretanto, alfinetou os governos federal e estadual, afirmando que estes precisam fazer a parte deles. 

"Agora, eu volto aqui a dizer que precisa de subsídio federal. Então, o governo federal precisa assumir o seu papel. Precisa que  o governo estadual tire o ICMS do óleo diesel. Pra que? Pra conta fechar, porque os municípios não aguentam mais colocar subsídio, pagar. Hoje, pra você ter uma ideia, ta aí na porta do ônibus: a prefeitura paga R$ 0,32 por cada passageiro transportado, a prefeitura tá assumindo essa conta. Há uma diferença entre a tarifa real e a tarifa que tá sendo paga. Então, efetivamente, eu tenho convicção, eu tenho certeza, que a gente pode resolver esse problema", alegou o prefeito. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias