Publicidade

Caian faz show de “Paixão e outras drogas” pelo Selo Educadora FM Independente

Evento acontece na Casa Preta na véspera do Dia Mundial do Rock

08/07/2024 às 11h14
Por: Cláudio Leite-Galego
Compartilhe:
Caian faz show de “Paixão e outras drogas” pelo Selo Educadora FM Independente

 

 

 

Antes disso, Caian participa do “Especial das Seis” da Educadora FM

 

Lançado em 2022, “Paixão e outras drogas”, segundo disco do músico, compositor e cantor baiano Caian, retoma seu fôlego roqueiro com o apoio do Selo Educadora FM Independente. Na véspera do Dia Mundial do Rock, nesta sexta-feira, 12 de julho, celebrando a cena soteropolitana do gênero, o artista apresenta o repertório do álbum, que se configura como o depoimento quase cronológico de uma história de amor verdadeira, acompanhando suas nuanças do início ao fim. O evento acontece na Casa Preta Espaço de Cultura (Dois de Julho), às 20h. Os ingressos são gratuitos e devem ser previamente retirados pela plataforma Sympla (acesse aqui).

 

“Minha música nasce da canção e vive pelo rock, e pela necessidade de expressar o que vejo e sinto. Por isso, quem ouve minha música me vê nu”, descreve Caian. “É assim que me coloco em ‘Paixão e outras drogas’, todo baseado em fatos reais, frutos de uma paixão avassaladora que vivi e a que dei algum sentido nesse álbum, que foi parte de um processo de cura, não só das drogas, mas da obsessão dessa paixão, que é a droga mais pesada que já usei”, revela.

 

Com produção musical de Arthur Romio, o disco reúne 13 faixas: 12 escritas por Caian – duas delas em parcerias – e uma com assinatura de Jarbas Bittencourt. O álbum conta com participações especiais dos cantores Otto, Jajá Cardoso e Manuela Rodrigues, além da banda Skanibais. Neste show, Caian chega em formação de power trio, assumindo voz e guitarra, junto com Leonardo Bittencourt na bateria e Daniel Argolo no baixo.

 

Em “Paixão e outras drogas”, sensações individuais, porém universais, revelam alegrias e ruínas, liberdades e vícios da paixão. Caian não adere ao apologismo, mas também debate as mazelas da adição e se posiciona diante da inevitável conexão entre as lutas antirracista e antiproibicionista, em atitude de desmistificação e de denúncia do sistemático genocídio da população negra advindo desta realidade.

 

“Paixão e outras drogas” foi produzido num processo entrecortado no tempo e no espaço pela pandemia da Covid-19 no Brasil, entre os estúdios Toca do Bandido (Rio de Janeiro/RJ), Papiris (São Paulo/SP) e Toco y Me Voy (Salvador/BA), com gravações realizadas entre dezembro de 2019 e dezembro de 2020 e pós-produção durante o ano de 2021. O processo de lançamento foi iniciado com a chegada do single e videoclipe “Novo eu”, cantado ao lado de Otto (assista aqui).

 

Especial das Seis e Selo Educadora FM Independente – No dia 11 de julho (quinta-feira), às 18h30, Caian protagoniza uma edição do “Especial das Seis” da Educadora FM. Ele estreia um novo formato do programa, executando as músicas gravadas ao vivo nos estúdios da rádio, de modo mais intimista e em versões inéditas.

 

Esta participação integra o conjunto de ações promocionais oferecidas pelo Selo Educadora FM Independente, pelo qual o artista foi selecionado. Este projeto da rádio pública da Bahia busca promover álbuns ou EPs de intérpretes, compositores e bandas baianas. O objetivo é unir forças junto a artistas com intuito de potencializar a divulgação comercial e a difusão da música independente feita na Bahia, dando visibilidade ao produto fonográfico e estimulando toda a cadeia produtiva da música do estado.

 

Sobre Caian – Músico multi-instrumentista, compositor e cantor baiano, Caian desenvolve trabalho autoral desde 2007 e possui vasto currículo como guitarrista. Lançou dois álbuns independentes: “Plutão” (2016), pelo qual foi indicado a Revelação no Prêmio Caymmi de Música, e “Paixão e outras drogas” (2022), além de singles como “Paula e eu” (2021). Artista da cena roqueira da Bahia, tem sua obra marcada por atitude política e honestidade biográfica. Tocou em todo o Brasil com Baco Exu do Blues, entre 2019 e 2020, na turnê do disco “Bluesman”. Já circulou pela Bahia com os também conterrâneos Dão, Marcela Bellas e Nabiyah Be, além do Trio Virgulino, de Pernambuco. É graduado em Música Popular pela Escola de Música da Universidade Federal da Bahia (EMUS/UFBA) e envolvido em variados movimentos artísticos. Foi membro, de 2012 a 2020, do grupo Nossos Baianos F.C., um tributo aos Novos Baianos, tendo aval da grande banda homenageada e com o qual tocou em diferentes ocasiões ao lado de Baby do Brasil. Assina a produção e direção musical de “Estereótica” (2021), primeiro disco solo do cantor e compositor baiano Pietro Leal. Produz trilha sonora para artes cênicas e audiovisual, com destaque para “Dissidente”, da Companhia Teatro da Casa, com direção de Gordo Neto, estreada em 2012, pela qual foi indicado na Categoria Especial – Trilha Sonora do Prêmio Braskem de Teatro; o musical baiano “Amor Barato”, dirigido por Fábio Espírito Santo, também de 2012 e que foi remontado em São Paulo em 2018, cumprindo temporada ainda no Rio de Janeiro; e a obra audiovisual “Web-Strips”, realizada em 2021 pela Dimenti Produções Culturais, com direção de Jorge Alencar. Saiba mais em www.ricardocaian.com.

 

SERVIÇO
Caian – “Paixão e outras drogas”

Quando: 12 de julho (sexta-feira), às 20h

Onde: Casa Preta Espaço de Cultura (Rua Areal de Cima, 7 – Dois de Julho)

Quanto: Gratuito – Retirada de ingressos pela plataforma Sympla (acesse aqui)

 

Redes sociais e plataformas de streaming: https://linktr.ee/ricardocaian

Acesse as faixas, fotos, capa e encarte, letras, ficha técnica e portfólio de “Paixão e outras drogas”: www.ricardocaian.com/peod

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Educação Há 3 dias Em Cultura

Prefeitura abre inscrições para edital Capoeira Viva nas Escolas em Salvador até dia 29

"Desde 2014, a Roda de Capoeira foi reconhecida pela Unesco como patrimônio cultural imaterial da humanidade. Através de editais como o Capoeira Viva e o Capoeira Viva nas Escolas, entre outras ações, a FGM contribui para as ações de salvaguarda desse bem cultural tão importante para a constituição da identidade afrosoteropolitana”, diz o diretor de Patrimônio e Equipamentos Culturais da FGM, Chicco Assis.
Com apresentação do padre Fábio de Melo, Festa de Santa Dulce terá 13 dias de programação em agosto
Religião Há 3 dias Em Cultura

Com apresentação do padre Fábio de Melo, Festa de Santa Dulce terá 13 dias de programação em agosto

Além das celebrações religiosas e das apresentações musicais, a programação de agosto no Largo de Roma – que será totalmente gratuita – contará com serviços no campo da saúde, como orientações para a prevenção de doenças, e oferta de serviços jurídicos. 
Mãe lança livro contando experiência de criar filha com síndrome de Down e autismo severo
Leitura Há 1 semana Em Cultura

Mãe lança livro contando experiência de criar filha com síndrome de Down e autismo severo

Em "Laura: Uma Maternidade Especial", livro recém-publicado pela Editora Inverso, Suely Schmidt fala sobre trajetória de resiliência e amor; sessão de autógrafos será na próxima quinta-feira, 27
Salvador Sonora abre inscrições para estimular carreiras negras e intercâmbio cultural
Fique Atento Há 2 semanas Em Cultura

Salvador Sonora abre inscrições para estimular carreiras negras e intercâmbio cultural

Além dos dez artistas em intercâmbio, o Salvador Sonora tem a expectativa de reunir 400 profissionais da música nos talks, 150 pessoas na Jam, impactando um total de 560 pessoas com o projeto. A iniciativa é patrocinada pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), que apresentou à Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), através da Diretoria de Cultura, o projeto Somos Grandes, com o intuito de acelerar as capacidades e talentos de artistas e empreendedores emergentes de comunidades afro-latinas e indígenas.
Lenium - Criar site de notícias