Publicidade

Especialista, 34% dos nordestinos não tem acesso a educação

Para pauta podemos abordar sobre a falta de educação, principalmente nas regiões Nordeste - visto que é o foco da Associação, além de explorar mudanças significativas para melhorar o Brasil.

08/07/2024 às 01h24 Atualizada em 08/07/2024 às 02h28
Por: Cláudio Leite-Galego
Compartilhe:
imagens @reprodução google
imagens @reprodução google

 

Segundo os dados do IBGE, a Região Nordeste é onde o acesso à educação é o mais restrito, com 34,7% da população excluídos deste direito, seguida das regiões Sul, Norte, Centro-Oeste e Sudeste (24,1%). Ainda, segundo o Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), no Brasil menos de metade dos estudantes de 15 anos de idade conseguiu atingir um nível mínimo de aprendizado em matemática e ciências.

Essa é uma realidade de muitos anos, onde políticas públicas, instituições e organizações privadas precisam se unir para mudar esse cénario. Essa é a proposta da Associação Cactus, organização da sociedade civil que nasceu no Ceará e já impactou mais de um milhão de estudantes em 2023. As ações da Cactus atendem a três dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU): educação de qualidade, redução das desigualdades, trabalho decente e crescimento econômico.

A Associação Cactus desenvolve uma série de projetos pedagógicos, especialmente voltados para o aprendizado da matemática e o estímulo ao interesse pela tecnologia. Entre eles está a Olimpíada Cactus, realizada em 478 escolas de 58 municípios em 2023. A competição visa testar o conhecimento matemático dos estudantes e prepará-los para desafios futuros em nível nacional, como a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP). Além disso, a entidade promove as Turmas Olímpicas, aplicando conteúdos de matemática aplicada e colaborando desde a recomposição de aprendizagens essenciais até o treinamento para estudantes de alto desempenho.

Para pauta podemos abordar sobre a falta de educação, principalmente nas regiões Nordeste - visto que é o foco da Associação, além de explorar mudanças significativas para melhorar o Brasil.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias